Crash Bandicoot: O Marsupial Mais Famoso dos Jogos

O mundo dos videogames está cheio de personagens icônicos, mas poucos são tão amados quanto Crash Bandicoot. O marsupial criado pela Naughty Dog em 1996 rapidamente conquistou os corações dos jogadores em todo o mundo, tornando-se um dos grandes clássicos dos jogos eletrônicos.

Mas como surgiu a ideia de criar um marsupial como protagonista de um jogo? A história remonta ao final dos anos 80, quando os fundadores da Naughty Dog, Andy Gavin e Jason Rubin, decidiram criar um jogo de plataforma para competir com o sucesso dos jogos da Nintendo, como Super Mario Bros. e Donkey Kong.

Inspirados pela fauna australiana, Gavin e Rubin criaram um personagem chamado Willie the Wombat, que, posteriormente, foi alterado para o nome que todos conhecemos hoje: Crash Bandicoot. A escolha pelo marsupial se deu porque ele é um animal pouco conhecido e exótico na cultura ocidental, o que poderia ajudar a tornar o personagem ainda mais icônico.

O primeiro jogo da série, simplesmente intitulado Crash Bandicoot, foi lançado em 1996 para o PlayStation. A história do jogo se concentra em Crash, um bandicoot que foi geneticamente modificado pelo cientista malvado Dr. Neo Cortex para se tornar seu soldado pessoal.

No entanto, o experimento de Cortex falha e Crash consegue escapar do laboratório. Armado com suas habilidades de corrida, salto e girar, Crash deve enfrentar vários níveis cheios de obstáculos e inimigos para salvar sua namorada, Tawna, e impedir os planos maléficos de Cortex.

O sucesso do primeiro jogo levou a produção de uma sequência, Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back lançado em 1997. Neste jogo, Crash tem que coletar cristais para ajudar Cortex a construir uma máquina do tempo. No entanto, rapidamente fica evidente que Cortex não tem intenções benignas para a máquina do tempo e cabe a Crash impedir seus planos malignos.

Em 1998, foi lançado o terceiro jogo da série original, Crash Bandicoot: Warped. Neste jogo, Cortex recruta a ajuda de seu antigo rival Uka-Uka (uma máscara mágica que é o irmão maligno da máscara Aku-Aku) para ajudá-lo a viajar no tempo e conquistar o mundo. Novamente, cabe a Crash e sua irmã Coco impedir que o mal aconteça.

A série Crash Bandicoot foi um grande sucesso no final dos anos 90 e início dos anos 2000, vendendo mais de 50 milhões de cópias em todo o mundo. A personagem também se tornou um símbolo da PlayStation, com vários jogos spin-off e participações em outros jogos de videogame.

Em 2017, a série foi revivida com o lançamento do jogo Crash Bandicoot N. Sane Trilogy, que recriou os primeiros três jogos da série original com visuais atualizados e jogabilidade melhorada. O sucesso do jogo levou a produção de uma sequência, Crash Bandicoot 4: It's About Time, lançado em 2020.

Hoje, a franquia Crash Bandicoot é considerada uma das mais famosas e amadas dos jogos eletrônicos. O personagem se tornou um ícone, tanto pela sua história de origem quanto pela sua personalidade cativante e cheia de personalidade.

Em resumo, Crash Bandicoot é um marsupial que ficou famoso no mundo dos jogos eletrônicos por seu apelo visual e sua jogabilidade cativante. Desde seu primeiro jogo lançado na década de 90, o personagem conquistou uma enorme base de fãs e se tornou um símbolo da cultura pop.