Desde o lançamento de Meu Malvado Favorito em 2010, a animação se tornou um sucesso instantâneo. Com três filmes lançados e um quarto a caminho, a franquia conquistou fãs de todas as idades e países, com suas histórias divertidas e personagens carismáticos.

E um dos grandes atrativos da franquia é, sem dúvidas, a dublagem. Afinal, é ela que dá vida aos personagens e os torna únicos e inesquecíveis. E em Meu Malvado Favorito, não é diferente.

O protagonista da franquia é o vilão Gru, que é dublado por Steve Carell na versão original e Leandro Hassum na versão brasileira. Hassum é um dos comediantes mais populares do Brasil, conhecido por seus papéis em filmes e programas de TV.

Além de Gru, outros personagens marcantes da franquia são as irmãs Agnes, Edith e Margo. Na versão original, as vozes são de Miranda Cosgrove, Dana Gaier e Elsie Fisher, respectivamente. Já na versão brasileira, as dubladoras são as atrizes Sarah Sheeva, Bruna Laynes e Marianna Clini.

Outro personagem que conquistou os fãs é o Minion, que é dublado por Pierre Coffin na versão original e pelo próprio Hassum na versão brasileira. Coffin é também o diretor da franquia e criador do idioma dos Minions.

Já o vilão Balthazar Bratt, presente no terceiro filme da franquia, é dublado por Trey Parker na versão original e Evandro Mesquita na versão brasileira. Mesquita é um músico e ator brasileiro com mais de 30 anos de carreira.

Além desses dubladores principais, a franquia conta com um elenco de apoio de peso, com nomes como Julie Andrews, Kristen Wiig, Jason Segel, Benjamin Bratt e Russell Brand, que emprestam suas vozes para personagens secundários.

E para os fãs que ficaram curiosos, vale lembrar que Meu Malvado Favorito 4 está previsto para 2024, e já temos a confirmação de que todos os dubladores originais estarão de volta, incluindo Leandro Hassum e Evandro Mesquita na versão brasileira.

Em resumo, a dublagem é um elemento fundamental da franquia Meu Malvado Favorito, e os dubladores são responsáveis por tornar os personagens inesquecíveis. E é por isso que, sempre que assistimos aos filmes, é impossível não pensar nas vozes por trás dos personagens.